O encontro

Mesmo debaixo de um chuvisco úmido e gelado ela foi ao encontro dele, o encontro que seria um jantar qualquer se transformou em um acontecimento inesperado e que ela carregaria pelo resto da vida.
Acompanhado de muito vinho e boa comida o papo fluía de forma natural e ela observava cada movimento dele, a forma como ele segura o garfo, o modo delicado, porém masculino que ele mexia em sua taça de vinho, tudo nele parecia encantado e envolvido por uma nuvem de mistério que ela estava louca para desvendar.
Ele percebeu o olhar investigativo que ela lhe lançava do outro lado da mesa e resolveu que iria entrar no jogo dela, afinal, ele nunca tinha visto um sorriso tão lindo como o dela, o som de sua voz era doce e firme e o que mais deixou ele fascinado foi o fato de que ela não tinha a mínima noção do quanto era bonita, foi exatamente isso que fez com que mesmo sem querer se apaixonasse por ela.
O cenário era tão incrível que parecia ser tirado de um filme desses bem água com açúcar, o lugar que ele escolheu para o jantar era fantástico, a mesa era bem no canto e a luz fraca e as paredes brancas combinavam perfeitamente com as velas e as flores posicionadas no centro, quando já estavam terminando a sobremesa ele resolveu arriscar e a convidou para conhecer sua casa, ela pensou em negar e até fez um charme antes de dizer que iria, mas o olhar dele parecia desafiá-la a quebrar todas as regras e dizer sim e ela ficou satisfeita quando percebeu que ele ficou surpreso quando sua boca moveu e disse: Sim, eu vou !
Se ele era cercado de mistérios o apartamento dele era mais ainda, escolheu viver isolado no ultimo andar de um prédio bem no centro da cidade, o lugar era um loft enorme e com as paredes todas de cimento e tijolo, a decoração sofisticada e de couro demonstravam que não existia uma figura feminina na vida ele. Quase não existiam quadros e enfeites, a cozinha era tão branca e arrumada que ela teve certeza que o ambiente nunca era usado, não existiam fotos de família, amigos e nada que pudessem revelar um pouco do que aquele homem escondia.
Ela nem percebeu quando ele se aproximou para lhe entregar outra taça de vinho e sentou ao seu lado no sofá, os movimentos deles eram delicados e o único pensamento que ocupava sua cabeça era: eu vou desvendar todos os seus mistérios.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s