Eu nunca ganhei flores

No mínimo foi perseguição, mas hoje fui rodeada por situações hilárias e acompanhada de flores. Quando sai para trabalhar dei de cara com um arranjo de flores na mão do porteiro, entrega de alguém muito apaixonado porque o vaso era lindo, grande e lotado de rosas brancas, entrei em choque quando vi e confesso que senti uma pontinha de inveja do presenteado (a), o arranjo era magnífico.
Mas mal me recuperei do choque das rosas brancas e já dei de cara com outra situação, no ônibus um tímido menino de óculos carregava uma única rosa vermelha na mão, tinha um pequeno cartão branco grudado no laço que amarrava o celofane transparente, não consegui decifrar se ele ganhou a flor ou se daria de presente para alguém.
E quando achei que tudo tinha terminado e finalmente entrei no prédio me deparo com a seguinte cena no elevador, uma senhora e um girassol amarelissimo, lindo e gigante. Ok, essas cenas seriam perfeitamente normais se acontecem com pessoas normais, mas preciso confessar algo: eu NUNCA ganhei flores. Juro! Nem rosa, nem girassol, nem flor arrancada de um jardim qualquer, nenhumazinha qualquer.
Nem consigo imaginar minha reação se um dia isso acontecesse, mas o fato é que morro de inveja quando vejo alguém ganhando flores e ainda tenho esperanças de um dia receber rosas de alguém, enquanto isso não me acontece continuo me divertindo e invejando os ramalhetes e arranjos que encontro por ai.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s