O fim

Analice acordou naquele dia pronta para terminar com tudo. Chega de falsas promessas, dos desencontros e das brigas sempre pelos motivos mais bobos. Era hora de dar um basta, um fim, virar a página e continuar em frente.
Seu discurso estava pronto e preparado, já tinha ensaiado na frente do espelho e repetido para si mesma milhões de vezes, não ia ser fácil abrir a boca e despejar todas aquelas palavras, ainda mais quando o homem que iria estar sentado na sua frente era algo que ela sempre desejou. Mas ela estava decidida que aquele dia seria o dia do fim.
Finalmente chegou ao lugar que se encontram quase todo dia para tomar café, antes passou no banheiro, lavou o rosto com água fria e mais uma vez repetiu para o espelho tudo o que iria falar para ele:
Querido, você é o melhor e o pior de mim. Não posso mais continuar nessa montanha russa de emoções. Não posso continuar te considerando minha prioridade já que sempre vou ser sua opção. Preciso terminar logo com tudo isso, eu gosto de você, mas preciso aprender a gostar ainda mais de mim, por isso, vou sair por aquela porta agora e não vou olhar para trás. Estou dando um novo rumo pra minha vida e você não tem mais espaço dentro dela. Ah, por favor, não venha atrás de mim, nós dois sabemos que nossa história já teve um começo, um meio e agora chegou ao fim.
Saiu apressada e se jogou na cadeira em frente ao homem que ela pensava ser a pessoa certa e quando seus olhares se encontraram e ela sentiu seu cheiro, a mão dele sobre a dela e sua voz algo dentro dela amoleceu. Ela tentou se concentrar, voltar ao foco e não deixar que nada influenciasse em nada do que ela tinha para fazer naquela noite e ela ia fazer.
Sem pensar duas vezes ela já foi logo dizendo : “ Nicolau, precisamos conversar”. Desesperada para despejar tudo o que tinha preparado nem percebeu que ele já sabia antes mesmo dela sentar na frente dele o que iria acontecer naquele momento.
Pacientemente ele olhou para ela e disse: “Ok, então vamos conversar”. Por um momento, um único e rápido momento ela pensou em desistir. Ele era irresistível, seu rosto tinha as rugas no lugar certo, sua boca tinha um sorriso meio de lado que o deixava ainda mais charmoso e seus olhos pareciam hipnotizá-la. A fração de segundos passou e quando ela caiu em si estava em pé pegando sua bolsa para sair porta a fora antes que se pudesse se arrepender.
Ela tinha feito. Ela tinha falado. Ela conseguiu …

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s