Papos de elevador

Eles entram e ela olha para as botas molhadas e ele para o celular,de repente ele diz:
– Acho que vou raspar meu cabelo.
– Como assim? Por quê?
– Ah, pq não curto que mexam nele e por isso ele tá desse jeito todo torto,feio.
– É você mesmo que corta?
– Sim, sou eu. Odeio que mexam nele.
– Hmmm, eu não cortaria. Deixaria ele assim, combina com seu estilo.
– Acha mesmo?
– Acho não, eu tenho certeza. Eu curto seu cabelo do jeito que tá, te faz ainda mais lindo.
E os olhares se cruzam e param um no outro. E por uma fração de segundos tudo congela e os dois compartilham um momento estranho, ousado e novo. Um sentimento intenso e curioso afeta os dois e quando tudo passa eles de despedem com a promessa secreta e guardada de se encontrarem novamente um dia, uma hora, em qualquer lugar, até mesmo num elevador.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s