Edíficio Copan: primeira paixão

Desde pequena, quando ainda morava no interior, imaginava morar um dia no prédio torto e cheio de portas que ficava em São Paulo: o edíficio Copan.

Um dos cinquentões mais cobiçados de São Paulo, nasceu com vocação para ser uma moradia democrática. Projetado em 1952 e inaugurado em 1966, atiça até hoje o desejo dos aficionados da arquitetura de Oscar Niemeyer,autor do projeto desenvolvido pelo também arquiteto paulista Carlos Lemos. A enorme onda que desponta no finalzinho da rua da Consolação abriga 1160 unidades divididas em seus blocos. Ali estão quitinetes e apartamentos de um, dois e três dormitórios. De acordo com Sérgio Ambrósio, da administração do edifício, estão disponíveis duas unidades para venda e duas para aluguel. Em média, os apartamentos de um dormitório custam R$ 240 mil e os de três R$ 600 mil.

Mesmo morando em frente ao edifício eu ainda namoro várias quitinetes por lá e considero o lugar uma extensão de casa. Da padaria a lavanderia, meu passatempo preferido é conhecer o que tem de novo por lá. Vale a visita!

Meu fascínio pelos janelões e decoração dos pequenos espaços que resolvi compartilhar dois achadinhos que encontrei da net. Projetos de jovens solteiros que souberam muito bem como aproveitar o espaço e deixar o que já é lindo mais charmoso ainda.

Projeto 1

Quando decidiu morar sozinha, a jornalista Laura Artigas Fort sabia exatamente o que queria: morar no centro de São Paulo. “Aluguei o primeiro apartamento que vi no edifício Copan (projetado por Oscar Niemeyer com colaboração de Carlos Alberto Cerqueira Lemos). O edifício ‘torto’ faz parte das minhas memórias de infância, quando costumava passear com meus pais pela cidade”. Do avô, o célebre arquiteto Vilanova Artigas, Laura herdou o olhar atento. “Sinto enorme prazer de observar construções”, diz ela, que fez a decoração ao seu estilo.

Para decorar a quitinete de 36 m2, Laura confessa que mudou os móveis de lugar inúmeras vezes. “Aproveitei a luz da janela e concentrei ali a mesa para refeições e o escritório e também escolhi uma cama  baixa sem muitos detalhes e que lembra um grande sofá”. É da Tok & Stok. Como mesa lateral um baú da Espaço Til,  de onde também são o quadro, o futon e as almofadas de seda. Outra peça de valor afetivo é a biblioteca, móvel que o pai da jornalista ganhou quando tinha 9 anos. A mesa com tampo de mármore, presente de um amigo,  recebeu cadeiras – modelo Formiga de Arne Jacobsen. Cortinas prontas, Cinerama.

Veja como ficou:

 

Projeto 2

Das qualidades que o arquiteto Gabriel Valdivieso mais adora no quarto e sala onde mora, nenhuma se pode medir ou capturar com precisão. A primeira delas é a luminosidade que chega pela grande janela em toda a lateral do espaço. “Especialmente lá pelas 18 horas, quando a luz desenha os contornos do vidro velho na parede”, diz. A outra está no afeto das peças de família que carregou quando resolveu deixar os pais e morar sozinho. “Minha casa é uma colagem da minha história. Nada entrou aqui só para cumprir uma função.” Por último, o burburinho que sobe até o 17º andar para contar do movimento da cidade lá fora. “No centro, estou perto do meu lazer.”Das qualidades que o arquiteto Gabriel Valdivieso mais adora no quarto e sala onde mora, nenhuma se pode medir ou capturar com precisão. A primeira delas é a luminosidade que chega pela grande janela em toda a lateral do espaço. “Especialmente lá pelas 18 horas, quando a luz desenha os contornos do vidro velho na parede”, diz. A outra está no afeto das peças de família que carregou quando resolveu deixar os pais e morar sozinho. “Minha casa é uma colagem da minha história. Nada entrou aqui só para cumprir uma função.” Por último, o burburinho que sobe até o 17º andar para contar do movimento da cidade lá fora. “No centro, estou perto do meu lazer.”

Veja as idéias dele:

Já pode morar lá?

 

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s