There be love

E nos arquivos perdidos do meu HD eu encontrei você em uma foto embaçada. Sua mão esquerda segurava meu cotovelo e a direita estava em meu rosto. Você sorria, como fazia todas as manhãs quando eu sonolenta tentava dormir mais cinco minutos.

Sabe, foi amor.

Foi amor quando você numa manhã caótica apenas colocou a mão no meu ombro e me disse “bom dia, sem açúcar” e me entregou aquele copo de café. Por alguns minutos o calor do seu toque permaneceu no meu corpo e eu fiquei sem respirar.  Amor foi quando você apareceu naquele mesmo dia no saguão do hotel e me ofereceu uma cerveja.

Amor eram nossas manhãs de domingo, você ali sentado ao meu lado lendo o jornal. Juntos comentavamos as noticias do mundo enquanto o café e o pão na chapa ficavam frios ao nosso lado. Compartilhávamos horas de silencio sentados no sofá e você devagarinho pegava na minha mão e sem dizer uma palavra eu sabia tudo o que você queria me dizer.

Amor foram todas as mensagens que espalhava pela casa, suas cuecas misturadas nas minhas meias, sua toalha molhada em cima da cama. Amor foram horas esperando você terminar de fotografar e correr para ficar comigo num sábado a noite assistindo filmes antigos na TV e brigando pela ultima pipoca do pacote.

Amor foi aquele dia de chuva em São Paulo que corremos até nossa padaria predileta e dividimos um sonho cheio de creme e açúcar. Naquele dia, compartilhamos o sonho de padaria e o sonho de passar o resto da nossa vida juntos. Amor foi o momento que você limpou o canto da minha boca e pegou aquela caixa aveludada azul de dentro do seu bolso.

Não lembro quanto tempo levou, mas eu vi amor nos seus olhos no momento que você me abraçou depois que eu disse sim. Foi amor por mais três anos.

Ainda é amor, sabe. De um jeito diferente, meio saudosista, meio nostálgico.

Mas hoje, quando eu estendi uma toalha na grama e olhei o céu, como nos filmes que se criam na minha cabeça, eu quis alguém comigo. Eu quis alguém pra gastar noites planejando futuro. Futuro que talvez nem cheguem e desejei do fundo do meu coração que não lhe falte amor.

Que tenha muito amor para te mostrar que corações são capazes de sarar.

 

Sinto sua falta.

______

And the lost files from my HD I found you in a blurry photo. Your left hand was holding my elbow and your right was in my face. You smiled, as you did every morning when I sleepily tried to sleep five more minutes.

You know, it was love.

It was love when a chaotic morning you just put your hand on my shoulder and said “good morning, no sugar” and handed me one cup of coffee. For a few minutes the warmth of your touch remained in my body and I was not breathing. Love was when you showed up that day in the lobby and offered me a beer.

It was love every Sunday mornings, when you sat there beside me reading the newspaper. Together commenting on the news of the world while coffee and bread on plate next to us were cold. We shared hours of sitting quietly on the couch and you slowly took my hand and without a word I knew everything you wanted to tell me.

It was love all the messages that were scattered around the house, in your underwear mixed my socks, your wet towel on the bed. It was love when you finish your work and run to stay with me on a Saturday night watching old movies on TV and fighting for the last popcorn package.

It was love the one day of rain in São Paulo we ran to our favorite bakery and shared a dream full of cream and sugar. That day, we share the dream bakery and the dream to spend the rest of our lives together. Love was when you wiped the corner of my mouth and got that velvety blue box inside your pocket.

I do not remember how long it took, but I saw love in your eyes when you hugged me after I said yes. It was love for another three years.

Is still love, you know. In a different way, wistful, nostalgic.

But today, when a spread a towel on the grass and look at the sky, like in the movies that are created in my head I wanted someone with me. I wanted someone to spend nights planning future. Future that may not come and I wished from the bottom of my heart that not lack love for you. That you receive so much love to show you that love are able to heal hearts.

Miss you.

assinatura-copy

One thought on “There be love

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s