Sobre vida e carreira

Hoje completo 24 dias desde que voltei para casa. A sensação?

De que nunca foi embora!

Não que tenha anulado a experiência dos dois anos na Inglaterra. Isso jamais acontecerá! Mas voltar para casa, para seu país, seus amigos, sua família, sua comida, seu clima, sua carreira é como diz uma grande amiga, uma lindeza só!

Hoje completo também 10 dias que voltei a atuar novamente ao jornalismo, mai precisamente na assessoria de imprensa e aos livros. Diferente do que imaginei, o retorno foi suave. Foi maravilhoso.

A loucura do mercado editorial brasileiro, a pressão do cliente em sair na mídia, a celebração de cada resultado alcançado, o tesão (perdão pela palavra, mas nada exemplificaria o que sinto!) de voltar a ser o que sou: jornalista.

Isso não aconteceria sem uma pessoa. Alguém que sempre acreditou em mim e no meu potencial, alguém que me ensinou (e continua ensinando diariamente) sobre como ser empreendedora, mãe, assessora e jornalista.

O nome dela é Lilian Cardoso e sua caixa de magia tem nome: Lilian Comunica. 

Mãe da Catarina, esposa do Neto. Mentora de uma equipe de meninas maravilhas que atentas as suas orientações fazem da agência a única empresa de comunicação especializada em atender apenas ao mercado editorial.

Corajosa, destemida, visionária e dona do coração mais molengo do mundo. Entrou na minha vida uns quatro anos atrás e me ensinou muito, daí resolvi colocar a vida na mala e ir atrás de alguns sonhos e ela? Ela me deu aquele empurrãozinho que precisava. Fui, vivi tudo o que queria viver e quando voltei lá estava ela de novo abrindo portas e janelas para meu recomeço.

Com ela aprendo diariamente, não apenas sobre jornalismo, assessoria, mercado editorial e todo o blábláblá da comunicação. Aprendo muito mais que isso. Aprendo como ser cada dia a melhor mãe do mundo, como vencer num segmento onde em um segundo tudo pode mudar, como levar pancada, ficar machucada, mas  nunca desistir e levantar pra lutar.

Mais que minha “boss”. Minha mentora, minha amiga e um pouco da mulher que quero ser quando crescer.

À você, dona Lilian, meu muito obrigado!

(e um texto que foi lido em voz alta antes de ser publicado!) hehehe

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s